26/05/2022
  • 06:18 Homem morre em hospital após receber balaços em beco no tranquilo bairro da Compensa
  • 05:36 Homem é assassinado a facadas e corpo é jogado em Igarapé na Zona Centro-Sul de Manaus
  • 05:27 Ruivinha de Marte é comparada à campeã do jogo League of Legends e entra na onda
  • 05:26 Anitta é substituída por Ludmilla na festa Garota VIP e fãs reclamam da Fábrica de Eventos
  • 05:24 Um dia após se entregar para não ser executado, “Feroz” afirma que não matou PM em Manaus

O preço da gasolina registrou uma alta de 0,70% na semana passada. O preço médio do combustível subiu de R$ 7,219 para R$ 7,270 no período entre 17 e 23 de abril, segundo  dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). 

maior preço encontrado nos 5.235 postos pesquisados em todo o país foi de R$ 8,599 no Estado de São Paulo e o menor, de R$ 6,190 no Amapá.  Esse é o maior patamar desde que o órgão começou a divulgar a pesquisa semanal de preços, em 2004. 

Segundo a agência, o preço do etanol também subiu quase 5% em relação à semana anterior. O litro do combustível foi de R$ 5,241 a R$ 5,496 no período.

O preço médio do diesel também subiu de R$ 6,587 a R$ 6,600, o que representa uma alta de 0,3%. Já o  gás de cozinha de 13 kg, por sua vez, passou de R$ 113,54 para R$ 113,24 (-0,26%).

Inflação 

Segundo o IBGE, no ano o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) acumula alta de 4,31%, mais da metade dos 7,1% projetados pelo Banco Central para todo o ano de 2022. Nos últimos 12 meses, a inflação bateu 12,03%.

maior variação (3,43%) e o maior impacto (0,74 p.p.) seguem vindo do setor de transportes, que acumula alta nos combustíveis devido à política de paridade internacional adotada pela Petrobras no governo Michel Temer (MDB) e mantida por Jair Bolsonaro (PL).

O resultado dos Transportes (3,43%) foi influenciado, principalmente, pelo aumento no preço dos combustíveis (7,54%). A gasolina teve alta de 7,51% e contribuiu com o maior impacto individual no índice do mês (0,48 p.p.). Além disso, houve altas nos preços do óleo diesel (13,11%), etanol (6,60%) e gás veicular (2,28%).

lucas

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

error: Content is protected !!