26/05/2022
  • 06:18 Homem morre em hospital após receber balaços em beco no tranquilo bairro da Compensa
  • 05:36 Homem é assassinado a facadas e corpo é jogado em Igarapé na Zona Centro-Sul de Manaus
  • 05:27 Ruivinha de Marte é comparada à campeã do jogo League of Legends e entra na onda
  • 05:26 Anitta é substituída por Ludmilla na festa Garota VIP e fãs reclamam da Fábrica de Eventos
  • 05:24 Um dia após se entregar para não ser executado, “Feroz” afirma que não matou PM em Manaus

Manaus/AM – Moradores do bairro Cidade Nova 2, na Zona Norte,  realizam um protesto na manhã desta quinta-feira (20), contra a instalação de um novo sistema da Amazonas Energia no local.

Segundo eles, um estudo foi realizado acerca da nova aparelhagem que indica que a mesma não é adequada e pode tornar o serviço de fornecimento ainda mais caro.

Os populares alegam ainda que nos últimos meses o valor das contas triplicaram e moradores que costumavam pagar R$ 400 pelo consumo, agora recebem contas de R$ 1.200 e até quase R$ 2 mil.

Os preços, considerados abusivos, têm prejudicado famílias e idosos que vivem com um salário mínimo.

Os populares fecharam trechos estratégicos do bairro e afirmam que não deixarão que a equipe da concessionária de energia se aproxime dos postes e pedem ajuda das autoridades possam fiscalizar a empresa a fim de obter contas justas para todos.

Esse é o segundo dia seguido de protestos em Manaus contra a Amazonas Energia. Nessa quarta-feira (19), moradores do Conjunto Canaranas também impediram que o sistema fosse instalado.

Mais bairros de Manaus prometem novas manifestações para que o serviço não seja implantado. Até mesmo traficantes estão unidos com a comunidade, afirma uma moradora do Cidade.

Com informações: de moradores*

lucas

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT

error: Content is protected !!